Notícias

Operação Temporada de Praia termina com saldo de 10 mortes por afogamento

31/07/2017 - Geórgia Milhomem/Governo do Tocantins

Neste ano o número de mortes por afogamentos dobrou se comparado ao mesmo período do ano anterior, durante a Operação Temporada de Praias 2017, os bombeiros registraram 10 afogamentos, contra cinco do ano anterior.  O Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) iniciou a Operação Temporada de Praia 2017 no dia 29 de junho e encerrou no dia 30 de julho.

“Nós lamentamos a quantidade de pessoas que vieram a óbito nesta temporada, sabemos que as famílias que perderam seus entes queridos terão que passar por um longo processo de reestruturação e luto. Por isso, mais uma vez ressaltamos a importância de não ingerir bebida alcoólica e entrar na água, uma vez que esta é uma das principais causas desses afogamentos. Algumas praias vão ser freqüentadas até o fim do período de estiagem por isso vale a pena tomar cuidado para que esse número não se torne ainda maior”, destacou o comandante operacional do CBMTO, coronel Carlos Eduardo Farias.

Os afogamentos aconteceram principalmente em áreas não demarcadas para banho e onde não havia presença de bombeiros militares ou de guarda-vidas civis. No total, foram atendidas 16 praias, três Rallys, empregados 219 Guarda Vidas do CBMTO para atender um público de 197mil pessoas, onde foram realizadas 34 mil prevenções/orientações, 36 Atendimentos Pré-Hospitalares e cinco Salvamentos Aquáticos. Dos 10 afogamentos seguidos de morte, somente um ocorreu onde havia a presença de Guarda Vidas Bombeiro Militar, durante o Rally das Águas em Itacajá.

No primeiro fim de semana duas pessoas morreram afogadas, uma em São Miguel e outra em Palmeirante. No segundo, foi registrado um afogamento seguido de morte em Tupiratins. Já no terceiro, três pessoas vieram a óbito uma em Miracema, e outras duas em Tupirama. No quarto final de semana foram três afogamentos um em Ipueiras, um em Garimpinho, distrito de Araguaína, e outro no Rally das Águas. No quinto e último uma pessoa veio a óbito por afogamento em Lajeado, na praia do funil.

Planejamento

O CBMTO iniciou o planejamento da Temporada de Praia no mês de fevereiro deste ano, com reuniões com órgãos parceiros afim de estabelecer condutas para a legalização das praias junto à Superintendência de Patrimônio da União (SPU).

Em abril o Comando Operacional contatou as prefeituras para informar sobre os procedimentos de regularização dos Projetos Contra Incêndio e Pânico e a Formação dos Guarda Vidas Civis. No mês seguinte foram realizadas reuniões com os prefeitos para tratar da segurança inerente às atividades de bombeiro, no que tange o Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico, Formação dos Guarda Vidas Civis, sinalização das praias. Nesse mês a corporação realizou um curso de Salvamento Aquático em Palmas para vinte bombeiros militares. Em junho, o CBMTO desenvolveu treinamento de salvamento aquático em todas as Unidades de Bombeiros e formou Guarda Vidas Civis para 40 prefeituras que teriam a temporada de praia.

 

 

 

 

 

Compartilhe esta notícia