Áreas de Atuação

COMBATE A INCÊNDIO

 Foi a primeira área de atuação desenvolvida pelos corpos de bombeiros, e é tratada como uma das de maior risco, pois carece de vestimentas específicas (EPI - Equipamento de Proteção Individual), suprimento de ar respirável (EPR - Equipamento de Proteção Respiratória), técnicas de combate, táticas de extinção de chamas, viaturas, suprimento de água e trabalho em equipe.

Atualmente, esta se divide em:

- Combate a Incêndio Urbano (ou Estrutural): residências, comércios e edificações;

- Combate a Incêndio Florestal: matas, florestas e áreas verdes em geral; e

- Combate a Incêndio Especial: aeroportos, portos e locais de permanência e circulação restrita.

BUSCA E SALVAMENTO

É a área de atuação com atendimento mais diversificado, em virtude de ocorrer situações emergenciais com pessoas, animais, meio ambiente e bens materiais. Os bombeiros que trabalham nesta área de atuação buscam especializações direcionadas, uma ve que existem diversas frentes operacionais. São elas:

- Salvamento Terrestre: são aquelas atividades que os bombeiros realizam em ambiente terrestre, como resgate veicular, busca terrestre, captura de animais, espaço confinado, e, busca e resgate em estruturas colapsadas;

- Salvamento Aquático: são atividades desenvolvidas na superfície da água, como o salvamento de afogados, por profissionais denominados guarda-vidas;

- Salvamento em Altura: atividades de grande risco que são desenvolvidas em locais com diferença de altitude, tanto em pontos elevados (prédios, torres, morros)como locais profundos (valas, abismos, crateras); e

- Mergulho: atividade que exige grande treinamento, disciplina e seriedade, uma vez que é executada em meio aquático profundo.

ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR

É uma intervenção com os devidos procedimentos de socorro em ambiente extra-hospitalar, e corresponde ao maior números de atendimentos prestados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, equivalente a quase 70% das atuações operacionais.

O serviço é popularmente conhecido com "Resgate" e suas ações são padronizadas por manuais e procedimentos que possuem certificações internacionais. O APH, como é chamado pelos socorristas, presta atendimentos a situações emergenciais que envolvam traumas e emergências.

SERVIÇOS TÉCNICOS

A quarta área de atuação é a mais recente atividade desenvolvida pelos corpos de bombeiros brasileiros, e, está relacionada a análise de projetos, vistorias e certificações de edificações comerciais, concentração de público e multifamiliares.

No Tocantins, os bombeiros militares agem em conformidade com a Lei nº 1.787 de 15 de maio de 2007, em conjunto com suas normas técnicas, que dispõe sobre a segurança contra incêndio e pânico em edificações e áreas de risco.