Notícias

Comandante do Corpo de Bombeiros recebe prefeito e vereadores de Miracema

25/10/2018 - Juscelene Melo/Governo do Tocantins

Solicitar a instalação de uma Unidade do Corpo de Bombeiros Militar para a primeira capital do Tocantins foi o que motivou a solicitação de uma audiência com o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, pelo prefeito de Miracema Saulo Milhomem, que veio acompanhado de secretários e vereadores.

Segundo o Prefeito Saulo Milhomem, são inúmeros os motivos que justificam essa solicitação, mas principalmente por Miracema ser uma cidade ribeirinha, localizada às margens do rio Tocantins. “Estamos solicitando ao Comandante do Corpo de Bombeiros a instalação de uma Unidade do Corpo de Bombeiros por entender a necessidade e a importância da presença dessa instituição em nosso município. Miracema é uma cidade ribeirinha e eventualmente nos deparamos com casos de afogamento, além disso temos outras necessidades de atendimentos específicos, onde entendemos que a presença constante dos bombeiros ajudaria muito”, pontuou.

O prefeito disse ainda que a administração de Miracema está disponibilizando uma área para construção de uma sede, caso sejam atendidos e espera, com isso, “sensibilizar a Corporação do Corpo de Bombeiros, juntamente com o governo, para conseguir levar essa unidade tão fundamental para Miracema”, destacou.

De acordo com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militares do Tocantins (CBMTO), Coronel Reginaldo Leandro da Silva, o mesmo pedido já foi feito em outra oportunidade e está em análise. “Está dentro do nosso planejamento estratégico e plano de expansão das unidades do corpo de bombeiro, a criação do pelotão de Miracema. Estamos em conversa com o governo para aumentar o nosso efetivo e tão logo seja possível, essa reivindicação do prefeito Saulo será atendida”, explicou.

Também participaram da reunião, o subcomandante Tenente-coronel Carlos Eduardo de Souza Farias, os secretários municipais da saúde e do desenvolvimento econômico e turismo, respectivamente, Raimundo Boi e Gênes de Alencar, além dos vereadores Núbio Gomes, Adilson do Correntinho e Pedro da Farmácia.