Notícias

Formatura finaliza curso de Atendimento Pré-Hospitalar para bombeiros

14/11/2018 - Nara Moura/Governo do Tocantins 

Na manhã dessa terça-feira, 13, 36 bombeiros militar participaram da formatura de conclusão do curso de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) Instrutor e Básico. A solenidade ocorreu no pátio do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (1º BBM) do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) em Palmas. Os 20 militares que já estão participando do curso Estágio de Salvamento em Altura (Esalt) também estiveram presentes. 

“Esta é uma solenidade simples, mas de uma importância e valor imensuráveis para nós. Nós estamos capacitando, neste curto espaço de tempo, só sete meses, mais de 50% do nosso efetivo, um total de 277 militares, entre homens e mulheres. Os cursos descentralizados: Esalt, Estágio de Natação Utilitária, Salvamento Aquático, APH Instrutor e APH Básico são uma proposta ouvida por mim a pedido da tropa para que assim tenhamos uma capacitação contínua dos nossos militares. É uma conquista pessoal para todos nós militares estarmos cada vez mais capacitados e também uma conquista institucional para melhor servimos nossa comunidade”, disse o comandante geral do CBMTO, coronel Reginaldo Leandro da Silva. 

O curso de APH Instrutor totalizou aos militares 180 horas/aula, incluindo o Estágio Docente Supervisionado. Já o curso de APH Básico somou, ao todo, 156 horas/aula incluindo também o Estágio Operacional Supervisionado. 

Simulado prático

Como encerramento oficial do curso de APH Instrutor e Básico os 36 bombeiros também participaram de um simulado prático no qual demonstraram uma ocorrência real de Atendimento Pré-Hospitalar. A simulação contou com 15 vítimas atendidas pelo método de triagem (START) utilizando os equipamentos presentes no dia a dia das atividades dos bombeiros no que diz respeito ao Atendimento Pré-Hospitalar.  

“A qualificação é sempre importante, pois nos dá confiança e segurança para trabalharmos e ajudarmos ainda mais a sociedade tocantinense. São duas semanas de intenso treinamento e conhecimento para que tenhamos a melhor qualificação possível”, enfatizou o segundo sargento da corporação, Isaías Araújo Silva, que participou do APH Básico. 

Esalt 

Com a participação de 20 bombeiros militares, o curso Estágio de Salvamento em Altura (Esalt) teve início nessa segunda-feira, 12, e terá um total de 95 horas/aula da disciplina de Salvamento em Altura (AS). 

O objetivo da disciplina ministrada no curso é criar condições para que o profissional bombeiro militar possa: ampliar conhecimentos para compreender a importância das orientações dos protocolos utilizados; desenvolver e exercitar habilidades para planejar a ação de salvamento mediante a coleta de informações sobre a situação; executar as técnicas protocolares de acordo com a situação; orientar a execução de ações preventivas e fortalecer atitudes para atuar com agilidade, segurança e cuidado. 

Para participar do curso o bombeiro militar passou por uma seleção interna do CBMTO. A previsão é que a capacitação se encerre no próximo dia 23 de novembro.