Notícias

Comitê do Fogo divulga balanço geral sobre ações realizadas em 2018

27/11/2018 - Nara Moura/Governo do Tocantins 

Nesta quarta-feira, 28, o Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo) divulga um balanço geral das ações de prevenção e combate a incêndios desenvolvidas, no Estado, em 2018. O evento ocorre, no auditório do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), localizado na Quadra 601 Sul, Conj. 01, Lote 20, Av. Joaquim Theotônio Segurado, em Palmas, a partir das 8 horas. 

Durante o evento, os dados serão apresentados pelo presidente do Comitê e o superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec-TO), tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo que detalhará as principais ações realizadas, este ano, tais como o “Lançamento da Campanha/Força Tarefa, “Dia ‘D’ de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais nos Municípios”, “Operação Integrada de Fiscalização e Combate a Incêndios Florestais” e a “Capacitação de Brigadas nos Municípios”. 

O Dia ‘D’ de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais nos Municípios foi realizado em 12 municípios, destes dez estão entre os que mais registraram focos de incêndios em 2017. Nos 12 municípios, o Comitê do Fogo visitou um total de 1238 propriedades rurais. 

Já a capacitação atendeu 26 municípios tocantinenses, totalizando 366 brigadistas capacitados. Destes, os municípios contrataram 252 profissionais. 

Brigadistas contratados em 2018 

Um total de 530 brigadistas atuou na prevenção e combate a incêndios em todo o Tocantins sendo 252 das prefeituras; 60 do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); 200 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama/PrevFogo) e 18 do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

Instituições 

Além da Cedec-TO, também são membros do Comitê do Fogo, no Tocantins, o Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO); o Ministério Público Estadual (MPE), a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh); o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); Secretaria da Comunicação Social do Tocantins(Secom); a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro); a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc); o Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar (BPMA); a Secretaria da Infraestrutura do Tocantins (Seinf); Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec); o Instituto de Terras do Estado do Tocantins (Itertins); a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema); a Diretoria Executiva da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Tocantins (Fetaet); a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (Faet); a Guarda Metropolitana Ambiental de Palmas; a Superintendente da Defesa Civil de Palmas; o Instituto Nacional de Colonização (Incra); o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); o 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro e como convidados o Grupo Energisa  e a empresa Bunge Brasil.