Notícias

Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins completa 26 anos de história

14/12/2018 - Nara Moura/Governo do Tocantins

Criado via decreto (Nº 6676), no dia 14 de dezembro de 1992, com 26 anos de existência, a história do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) confunde-se com a própria história do Estado. Ao todo, são 543 militares que ajudam, no crescimento e nas conquistas, da corporação, e que, todos os dias, colocam suas vidas em risco para que outras vidas sejam salvas,  fazem da corporação uma das instituições mais sérias e respeitadas do País.

Na manhã desta sexta-feira, 14, cerimônia realizada, no pátio do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (1º BBM), em Palmas, marcou a data comemorativa regada a um café da manhã.

“Neste dia, 14 de dezembro, queremos celebrar o nascimento de uma corporação que há 26 anos traz consigo as marcas da coragem, comprometimento, determinação e força para chegar até aqui. Parabéns a todos que fazem parte e ajudam a escrever essa história!”, disse em discurso o comandante-geral do CBMTO coronel Reginaldo Leandro da Silva.

História do CBMTO

O Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) iniciou suas atividades como Companhia Independente de Bombeiros (1ª CIBM), criada por meio de decreto (6676/92), em dezembro de 1992. Na época, possuía uma estrutura pequena, com sede em Palmas, e ligada, organicamente, à Policia Militar do Tocantins, com atuação apenas nas áreas de combate a incêndios urbanos e salvamento. Em 1994 ampliou sua abrangência instalando os pelotões destacados em Araguaína e Gurupi.

A capital, Palmas, conta, atualmente, com quatro Companhias, sendo duas na capital, região central e sul; uma em Porto Nacional e outra em Paraíso do Tocantins. Juntas, essas companhias são responsáveis pelo atendimento das demandas da região central do Estado.

A 3ª CIA de Araguaína foi, posteriormente, transformada em Batalhão, sendo o 2º BBM, com Companhias sediadas nas cidades de Araguaína, Araguatins e Colinas, responsáveis pelo atendimento de toda a região norte.

A 4ª CIA, localizada na cidade de Gurupi, região sul do Estado, se transformou em 3º BBM e é responsável por duas Companhias, sendo uma em Gurupi e outra em Dianópolis.