Notícias

Corpo de Bombeiros Militar vai produzir vídeo aulas para abordar temas sobre segurança contra incêndio e primeiros socorros

19/11/2019 - Luiz Henrique Machado

Um total de 26 bombeiros militares participa de oficina ministrada pela Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), sobre A Dinâmica das Vídeo Aulas. O tema é abordado pela Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunicação, por meio da Diretoria de TV e Rádio da instituição, e tem como alvos os instrutores que, em 2020, atuarão no processo de produção e apresentação de conteúdos relacionados à segurança contra incêndio em edificações e ainda para funcionários de escolas.

A iniciativa é do comando geral do CBM, por meio da Diretoria de Ensino e Pesquisa, que atende a duas legislações.  A primeira é a Lei Estadual 1.787, de 15/05/2007, que dispõe sobre a Segurança Contra Incêndio e Pânico em Edificações em Áreas de Risco.

A segunda é Lei Federal 13.722, de 04 de outubro de 2018, também conhecida como Lei Lucas, que torna a capacitação em noções básicas de primeiros socorros, de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

Primeiros Passos

Os próprios bombeiros militares serão os produtores dos conteúdos e apresentadores das vídeo aulas, porém, para isso, vão precisar aprender parte do passo a passo do processo de transformação das informações técnicas em um formato mais compreensível para a comunidade em geral, dando “uma cara” de informação tele jornalística ao jeito de falar sobre segurança contra incêndio e primeiros socorros.

A Unitins é a parceira no processo e, com a oficina A Dinâmica das Vídeo Aulas, os bombeiros militares vão aprender a produzir os conteúdos relacionados às duas legislações e depois apresentar aos tocantinenses em várias regiões do estado, por meio da Unitins.

“Seria humanamente impossível cumprir a legislação e chegar a toda sociedade tocantinense. Mas o Ensino à Distância (EaD) faz isso, democratiza o acesso ao conhecimento. E a parceria com a Unitins foi uma decisão muito acertada, já que ela tem vasta experiência nessa modalidade de ensino”, destacou a tenente-coronel Andreya Fátima Bueno, diretora de Ensino e Pesquisa do CBM-TO.

Esses primeiros passos começaram na tarde desta segunda-feira, 18, com participação de 12 bombeiros já formandos em 2018, no curso de Atendimento Pré-Hospitalar – Instrutor (APH - I), 13 alunos no curso de APH - I, que está em andamento, além da tenente-coronel Andreya.

No primeiro dia de oficina, os bombeiros tiveram palestra com uma fonoaudióloga, destacando o uso da voz no processo de comunicação. 

A oficina vai até sexta-fera, 22, e ainda inclui exercícios práticos e individuais, utilização de ferramentas pedagógicas na construção da vídeo aula, imagem no audiovisual, recursos audiovisuais, roteiros, dentre outros.