Notícias

Mulheres são homenageadas no Corpo de bombeiros

07/03/2019 - José Domingos Alves Filho/Corpo de Bombeiros Militar

A homenagem veio antecipada na manhã desta quinta-feira,7, no batalhão de bombeiros em Palmas-TO. Bombeiras e funcionárias civis foram homenageadas em celebração ao dia 8 de março, dia internacional da mulher.

Dentre as homenagens realizadas, as mulheres do Corpo de bombeiros puderam ouvir músicas tocada pela “bandinha” do Colégio esportivo militar- CEMIL e interpretação musical do soldado Wevverson César Alexandre Costa. O comandante geral, coronel Reginaldo Leandro da Silva, quebrou o protocolo e fez uma recitação especial do poema que dizia que “no mundo existe diversos tipos de mulheres, entre elas as que lutam para fazer um mundo melhor”. Em seu discurso ressaltou que “sem elas”, a corporação não estaria completa, elas são imprescindíveis e para cada atividade exige um toque feminino.

Ainda durante a cerimônia foi conhecida a bombeira dona da foto amadora que venceu a campanha #elasdefardaCBMTO, que agraciava com um brinde a foto amadora mais criativa postada em redes sociais, a sargento Sílvia Patrícia Xavier foi a ganhadora.

Bombeira Patrícia afirmou que “ser homenageada, como mulher, no meio militar, é uma demonstração de reconhecimento e valorização num local predominantemente masculino. Além da competência, a presença feminina suaviza o ambiente transmite doçura, tranquilidade e segurança. É muito importante ser lembrada e se sentir útil, me sinto muito bem no meio ‘deles’, apesar do pequeno número de mulheres na corporação. ”

Amanhã, 8, todas mulheres que estariam de serviço no CBMTO, foram dispensadas.

 

8 de março – Dia internacional da mulher

O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos. As mulheres queriam direito a voto, permissão para ocupar cargos públicos e também protestavam contra o fim da discriminação sexual no trabalho.

A partir de 1975, a ONU oficializou o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, criado com o objetivo de relembrar as lutas sociais, políticas e econômicas das mulheres. Graças a esses movimentos, ano após ano, a mulher vem conquistando importante espaço em todos os campos do trabalho, da família e da sociedade.