Notícias

Alunos do programa Bombeiro Mirim participam de atividades educativas em alusão ao Maio Amarelo

08/05/2019 - Thaís Ramalho/Governo do Tocantins

Cerca de 29 alunos do programa Bombeiro Mirim (Proebom), de Gurupi, participaram nessa segunda-feira, 7, de ações educativas em alusão à campanha Maio Amarelo. Durante todo o dia, os estudantes estiveram envolvidos nas atividades a fim de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos, no trânsito, em todo o mundo.

Pela manhã os bombeiros mirins participaram de palestra de educação no trânsito, ministrada por agentes da Diretoria Municipal de Trânsito e Segurança, e de blitz educativa. À tarde, distribuíram panfletos aos condutores de veículos.

Segundo o comandante do 3º Batalhão de Bombeiro Militar (BBM), de Gurupi, major Maxuell dos Santos, o Proebom oferece uma disciplina específica para educação no trânsito. “Pela primeira vez, conseguimos firmar parceria com os agentes para que pudessem explanar, com mais propriedade, sobre o assunto com os alunos a fim de que eles empreguem os conhecimentos teóricos, tratados em sala de aula, na prática junto à sociedade. Assim, a campanha Maio Amarelo é de suma importância para despertar ao jovem a consciência da necessidade de um trânsito seguro”, afirmou.

Thiago Portilho, 12 anos, bombeiro mirim, relatou a experiência de ter participado da mobilização do Maio Amarelo. “São pequenas maneiras de se portar no trânsito que podem salvar vidas. O Maio Amarelo não é apenas o mês em que o Detran [Departamento Estadual de Trânsito] sai às ruas para sensibilizar as pessoas, mas uma oportunidade de todos se conscientizarem sobre as atitudes que podem ser tomadas para evitar tragédias”, disse.

Para Rafael Rotandando, 13 anos, a prevenção aos acidentes deve ser um ato constante. “Usar o cinto de segurança, fechar as viseiras dos capacetes, andar devagar, respeitar os sinais de trânsito, devem ser cuidados frequentes”, ressaltou.

Maio Amarelo

Criado em 11 de maio de 2011, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito, o movimento internacional de mobilização tem o intuito de conscientizar e chamar a atenção da população para a redução de acidentes, bem como para um trânsito mais seguro.

Conforme dados do Sistema Operacional (Siop) do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), o Tocantins contabilizou, ano de 2018, 3.409 ocorrências de acidentes de trânsito, sendo 165 de atropelamentos, 199 de capotamentos/tombamentos e 3.045 de colisões/quedas. Só neste ano, até o início de maio, foram atendidas 852 ocorrências no trânsito.