Notícias

Comitê do Fogo vai ao norte do estado realizar ações de combate às queimadas

05/07/2019 - Robson Corrêa/Governo do Tocantins

O Comitê Estadual de Combate a Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins (Comitê do Fogo), realiza nesta quarta-feira, 04, no município de Goiatins, norte do estado, ações de educação e prevenção e combate ao fogo, além da fiscalização. A cidade ocupa a terceira posição no ranking estadual de focos de calor, no período de 1° de janeiro a 30 de junho de 2019, ficando atrás de Lagoa da Confusão e Mateiros.
 

As equipes contam com o apoio do aplicativo Odk Collect que foi desenvolvido pelo Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (Cemaf) da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus de Gurupi, que cadastra a propriedade visitada sendo possível saber se houve foco de incêndio no ano anterior ou neste ano, e se foi feito acero, que é a derrubada em volta de propriedades, matas e coivaras para impedir propagação de incêndios. Já foram cadastradas mais de 1000 propriedades no aplicativo até o momento.

A Secretaria de meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) é coordenadora da ação ao lado da Defesa Civil Estadual. As demais instituições presentes em Goiatins são Prevfogo/Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Energisa, Exército Brasileiro e o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), além do apoio da Prefeitura Municipal. 

A gerente de Educação Ambiental da Semarh, Karynne Sotero, ressalta a importância da logística para maior aproveitamento do tempo nas visitas. “Ao chegar à cidade, nós definimos as rotas que vamos percorrer na área rural, depois dividimos os carros e vamos até as propriedades. Quanto mais rotas e mais equipes, mais o trabalho é produtivo e isso nos possibilita fazer mais visitações”, pontua.

A ação, nomeada de Dia D de Prevenção e Combate às Queimadas e Incêndios Florestais no Estado do Tocantins, surgiu da necessidade de um trabalho integrado entre as instituições para retirar o Tocantins do topo do ranking nacional de queimadas.

Em 2018, com um maior número de parceiros envolvidos, o estado conseguiu ficar na sétima posição, consequentemente houve a redução de 67% das queimadas com as ações de prevenção e fiscalização simultâneas. A engenheira ambiental da Semarh, Cinthia Azevedo, destaca a necessidade dessas ações. “O Comitê do Fogo é muito importante para tirar o Tocantins do ranking nacional de queimadas e evitar o fogo com tanta intensidade quanto nos anos anteriores, quando o comitê ainda não era tão efetivo ”, ressalta.

Goiatins será a sétima cidade atendida pela ação, que já percorreu Palmas, Pium, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Lizarda e Mateiros. Os próximos locais a receberem o Dia D são Paranã, Arraias, Ponte Alta do Tocantins e Rio Sono. Todos esses municípios escolhidos foram os que mais registraram focos de queimadas em 2018.