Notícias

Comandante-geral do CBM-TO participa de festa de 10 anos de fundação do Colégio da Polícia Militar

26/08/2019 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Reginaldo Leandro da Silva, participou da solenidade em comemoração aos 10 anos de criação do Colégio da Polícia Militar (CPM), ocorrida na última sexta-feira, às 19h, na Praça dos Girassóis, em Palmas. O evento reuniu centenas de estudantes da entidade na capital e interior, bem como familiares, o governador Mauro Carlesse e convidados.

As turmas de estudantes, representando cada unidade, estavam em forma e desfilaram durante a solenidade. O evento ainda homenageou ex e atuais diretores da instituição em Palmas e interior do estado.

Ao cumprimentar o coronel Jaizon Veras Barbosa, comandante-geral da Polícia Militar pelos dez anos do CPM, o coronel Leandro destacou a importância do trabalho desenvolvido. “Muito importante essa contribuição social da Polícia Militar para com a sociedade, formando, jovens, crianças, adolescentes para o futuro. A instituição está de parabéns por esses dez completados”, afirmou o comandante Leandro.

O coronel ainda frisou que e as perspectivas são as melhores para o CPM. “Com certeza o Colégio ainda vai crescer muito em nosso estado”, relatou o coronel, relatando a existência do Colégio Esportivo Militar (Cemil), do Corpo de Bombeiros Militar. “Temos o nosso Cemil e vamos também, dentro da ótica do governo do Estado, aumentar o número de unidades de colégios para ampliar o atendimento à comunidade”, revelou coronel.

Novidades

Mauro Carlesse destacou os avanços e mencionou a ampliação da quantidade de Colégios da Polícia Militar, refletindo em ganhos importantes no processo educacional em todo o Tocantins. “Pretendo chegar a 30 unidades e assim atender o estado inteiro”, afirmou.

A novidade anunciada pelo governador é o Projeto Pioneiros Pátria Amada, que deverá atender 25 mil crianças com idade entre 08 e 11 anos. “São crianças que vão estudar com profissionais do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Polícia Civil, secretaria de Estado da Educação e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos”, disse.

O anúncio do início do projeto é para final de setembro.